Archive for Uncategorized

image_pdfimage_print

Sistema colaborativo ou economia colaborativa. Mas já não seria isto o sistema capitalista?

Será que tudo aquilo que tentam nos vender de colaborativo, já não é justamente o sistema de livre mercado. E justamente o comunitário que tanto vendem como justo, não seria justamente o sistema opressor, que busca forçar escolhas direcionadas aos interesses reais da classe dominante?

Primeiro, quem desejar entender o conceito de classe dominante que utilizo neste artigo, leia XXXXXXXXXXXXXXXX.

explicar para vocês uma coisa
capitalismo é economia ou laborativa
alguns porque você está dizendo isso
estou dizendo isso porque foi como foi
postado ali algumas vezes em alguns
lotes diferentes que o capitalismo seria substituído por uma uma espécie de economia colaborativa entretanto o capitalismo é economia colaborativa
As duas coisas que não são capitalismo:
A primeira coisa que não há
capitalismo é aquela coisa do senso
comum de capitalismo é um homem bom de
de malucos querendo passar um por cima
do outro vender um produto de merda pra
você com o marketing bonitón isso é
capitalismo isso é só gente burra
sendo gente burra
segunda coisa que não é capitalismo é
corporativismo você tem que entender
essa diferenciação quando o governo
começa a facilidade para um certo grupo
de empresários para que esses
empresários consigam abrir suas
empresas e passar por cima da
concorrência sem melhorar a qualidade
do produto
isso é corporativismo exemplos
o primeiro exemplo é o mercado
automotivo no brasil existem taxas
absurdas para você importar carros do
tipo a importação de carros carros
ford produzidos fora do brasil ficam
extremamente caros isso protege né
o mercado interno fazendo com que o que
com que os carros brasileiros têm
qualidade inferior aos carros importados
aos carros europeus americanos japoneses
ou da onde que eles vêem enfim você
vai ver esse tipo de coisa acontecendo o
tempo todo e não é exagero dizer que
no brasil praticamente não existe
capitalismo porque praticamente tudo que
você faz no brasil tem que ter conchavo
com o governo
se você for uma empresa você precisa
ficar se matando para dar satisfação
para o governo para cumprir um monte de
coisas governo pede então acaba que
sempre existe o corporativismo e perde
se qualidade do produto em nome do que
em nome das regulamentações por isso
que a resposta para qualquer mercado é
de 5 desregulamentação de regulação
dessa tanto de regra tipo
desburocratização e deixar o mercado
livre operar porque porque o mercado
livre só tem uma agulha é
regulamentação necessária que é o
voto do cliente é exatamente essa o
cliente
tá mas o que você quer dizer com o
capitalismo é colaborativa é simples
isso é uma frase que minha avó me fala
muito ninguém cresce sozinho
como assim alguns é simples cara
sincero pensa você é o capitalismo
pessoal vadão está precisando de
dinheiro pensa porra todo dinheiro por
vender pão de queijo na rua
se você estiver sozinho na vida você
consegue pão de queijo para você
conseguir se pode queixar seja não vai
estar sozinho
essa é a primeira coisa para você
conseguir pão de queijo alguém tem que
ter feito a massa alguém tem que tirar
leite da vaca alguém tem que ser
produzida ter alguma forma uma pedaço
desse total desse pão de queijo
porque se você for lá a vender pão de
queijo mas que eu preciso fazer com o
dinheiro de leite a então vou no
mercado comprar leite e se não tiver
mercado alguém foi lá me foi lá
naquele mercado colocou aquelas ashley
tisdale que alguém antes ganhou vacas
colocou em máquinas para poder
encaixotar que ela lhe colocar ali e que
alguém antes resolveu pegar um pedaço
de terno de terra para criar maca
então se você não há só assim no
capitalismo tudo é cooperativo
se você quiser sair para vender pão de
queijo antes de você desse total desse
pão de queijo sair na fornada um monte
de gente já estava trabalhando
empregada para tirar leite da vaca para
poder fazer colocar esse leite dentro de
uma caixinha para poder mandar essa
caixa do supermercado pra você pega
todos os ingredientes a farinha para a
fabricação do queijo do tipo um monte
de gente envolvida para que você
chegasse no mercado comprasse leite
farinha as coisas que vocês forem
necessários para poder fazer o tal do
pão de queijo então tipo é
colaborativo
aí antes do seu produto final que é o
tal do pão de queijo que vai vender na
rua ainda tenho depois que é o que as
pessoas se você chega oferecendo com de
queijo as pessoas na hora do almoço
elas vão querer é natural
algumas vezes com pressionar um pouco
mais tarde mas ficando mole então mas
vem aquela que você tem que pensar na
pessoa puxa eu quero dinheiro daquela
pessoa e para conseguir esse dinheiro eu
tenho que dar algo que ela quer
eu sei que ela quer pode ir no café da
manhã onde as pessoas gostam então já
sei eu vou colocar a minha bandinha de
pão de queijo no horário das 7 6 8 e 6
perto do local onde as pessoas entram
para trabalhar então você cooperou com
essas pessoas
dando a ela o que ela quer em troca do
que você quer que é a grana que você
precisa falar das suas contas simples do
tipo tinha essa idéia maluca na cabeça
de capitalismo é corporativismo
corporativismo é a coisa mais
abominável que existe isso deveria ser
abolido como excluir o governo
o governo não deveria intervir na
economia simples mercado deixa o mercado
de operar é natural é só isso a mas
as pessoas as pessoas não precisam ser
protegidas mercado efe
se você quer escolher comprar um
produto pirata compra beleza você está
comprando produtos de má qualidade
mas você deve ter essa escolha de
comprar um produto de uma qualidade de
qualidade paralela digamos assim sabe
essa escolha ea empresa que tem os
produtos pirateados qual é a função
dela em nova ubiratã é o meu produto
beleza agora vou fazer um produto mais
foda ainda que mesmo as pessoas que
compraram os produtos piratas não
pensava pô eu vou comprar o original
porque eles fizeram produto fora que
não vale a pena comprar pirata coisas
desse tipo então de pirataria de certo
modo até vai melhorar a qualidade de
produtos vai ser um marketing gratuito
de certa forma não deixa o mercado
deverá ganhar é natural é isso o que
acontece
não é como se precisar de uma lei de
ordem não não é só como as coisas
funcionam querendo você não você
gostando não é assim que as coisas
funcionam
se você deixar o mercado livre bernard
shaw era exceção com todas as tropas
do governo
você vai ver que as pessoas voltam com
seu dinheiro e pronto e se volta
totalmente colaborativo e não força
ninguém capitalismo você força
pessoas no corporativismo no comparativo
você coloca leis lá e você foca as
pessoas a fazer o que elas o que elas
não querem fazer por exemplo as
regulamentações do governo nem a
regulamentação de otto agora pra você
pode fazer entregas de drone você só
pode
a entrega não tem que ser de no máximo
500 metros do drone ao máximo as
cavernas que os netos eu vou andando
entrega é mais fácil tipo é
colaborativa não tem pra onde correr
você não faz nada sozinho capitalismo
você sozinho do capitalismo imagina
você sozinho numa ilha aí você tem
que pescar
você tem que fazer a rede você tem que
fazer a sua casa sem fazer tudo no
capitalismo não no capitalismo você
vai numa construtora ltda tijolo um
monte de gente tinha um preto emprego é
fazendo ‘tijolos’ é você empresa
janela aí vai lá no topo a compra
janela muita gente uma siderúrgica com
a gente
só aqui derrete vida pra fazer vital
vai estar ali empregada para fazer vidro
em um monte de e tudo no capitalismo é
colaborativo
o capitalismo não é cobrada comendo
cobra é cobra comendo cobra é é uma
história aqui nós não vivemos
isolados nós lançou se num de forma
social digamos assim nós temos hábitos
sociais e nós trocamos valor
essa é a natureza do capitalismo a
troca de valores a troca de potência eu
gosto de defender a troca de potência
como assim
o capitalismo uma das coisas que falamos
no catar ele na questão do bem do dos
bens de produção dessas coisas todas
mas se você parar para pensar também
existem há os capitais humanos que são
açúcar as pessoas que estão aptas a
fazer coisas e acaba se você tem um
custo com isso e isso é o que até é
bastante a teoria de marx sobre o valor
do trabalho né porque a capacidade da
pessoa de fazer alguma coisa é o que
vale e nunca faz porque o que ela vai
fazer é a mesma aposta
vamos supor que o pai você pra fazer
uma caneta branca eu apostei que você
pode fazer você sabe que você pode
fazer e eu apostei que essa caneta banca
vender eu paguei você já viu seu
dinheiro mas é um clássico porque tipo
a caneta é branca vai vender pouco
porque a maior parte das folhas de
caderno são brancas então tipo vai ser
uma coisa que vem de pouco eu já paguei
você pra fazer mas eu me lasquei e
porque me machuquei por que não
colaborar ii
eu não percebi que as pessoas queriam
eu posso fazer o cara que quiser saber
que posso eu posso fazer uma máquina
que sei lá uma máquina de massagem
para gato o que eu faço negócio desse
evento facset nossa porque eu pensei que
as pessoas que têm gatos podem querer
fazer uma gracinha gravar vídeos de
obras lá a cabeça do gato e tal um
rico agora nos pouca faz uma coisa bem j
tipo ou sei lá eu posso criar tipo um
curso para atacar pedra e mangueira
a equipe eu vou lá e vou falência as
pessoas que eu contratei fazer aquele
curso já foram pagas e tive que pagar
as fardas mas eu vou te quebro porquê
porque ninguém quer aprender a pé de
mangueira
sabe eu não colaborasse não pensar nos
outros
eu não vou a lugar nenhum e se os
outros não fizerem algo por mim eu
também não vou ter pra onde
não é por isso que o capitalismo é
colaborativa
nada mais do que isso não tem como
você e ele sozinho no capitalismo bem
vindo ao mundo real sabe se ela vai ser
substituída pela economia colaborativa
catarina colaborativa
mas o capitalismo é corporativismo
algumas pessoas não sei o que é isso a
gente boa gente burra
só isso só isso que capitalismo eu te
ajudo te dou você quer você me dá o
que eu quero e nós dois terminamos mais
felizes do que no início da nossa
transação